Yosemite – Turistando na Califórnia 13/40

Olá, meu nome é Juliana e ando desaparecida da Blogosfera. Nunca mais postei nada sobre as minhas viagens ou sobre os meus desenhos. Para quem não sabe lavemopato é um blog sobre desenhos, viagens e quotidiano. O último post de viagens que fiz foi sobre Chicago em abril de 2016 (desculpa aí a demora). Com mais um ano de viagens acumuladas, resolvi voltar à ativa. Não começarei por ordem cronológica, mas tentarei narrar um pouquinho de todas as viagens que fizemos nesse período de ausência.

Hoje vou falar do meu lugar preferido na terra, ❤ Yosemite. Eu moro em São Francisco (Estados Unidos) faz quase três anos e nós (Rafael e eu) sempre tínhamos uma vontade imensa de conhecer Yosemite (um parque nacional cheio de paisagens inimagináveis que fica à 4 horas da nossa casa). Como nós não dirigimos por aqui porque sempre evitamos a burocracia do DMV (o DETRAN daqui), nós ficávamos só na vontade.

2016-11-26_16-12-52

Acontece que descobrimos que a Amtrak (uma empresa de transporte ferroviário) vende passagens de trem + ônibus que vão até lá. Então em novembro do ano passado, nós compramos as passagens e embarcamos nessa aventura. O lugar é realmente incrível (desses de tirar o fôlego). Quando chegamos lá, pegamos um mapa do lugar e começamos a caminhar naquele cenário de outono perfeito. ❤ A primeira trilha que fizemos foi até a cachoeira chamada Yosemite Falls. O percurso é bem curtinho, mas nós fomos tirando foto lentamente. Tudo era inesquecível (as árvores, o cheiro, a água da cachoeira, as cores).

OLYMPUS DIGITAL CAMERA2016-11-26_17-11-22

Depois da cachoeira ficamos andando sem rumo até uma tempestade de neve começar e nos forçar a voltar para o hotel (já estava escuro e o frio estava forte). No outro dia quando acordamos, a neve tinha transformado toda a paisagem, deixando tudo ainda mais mágico. Como estava nevando, várias trilhas estavam fechadas. Mas isso não fez com que a gente ficasse sem curtir o passeio. Na verdade, nós parecíamos duas crianças jogando bola de neve um no outro, deitando no chão para ver se a neve era muito fofinha (hahahaha) etc. E como o parque é imenso nós caminhamos o dia todo abismados com a beleza de tudo sem sentir que estávamos perdendo algo.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA2016-11-27_13-46-01.jpgOLYMPUS DIGITAL CAMERA

No terceiro e último dia, nós andamos ainda mais. Fomos para outro lado do parque que dava para outra vista das montanhas e tinha um lago muito fofo ❤ Para fechar o passeio, nós vimos um bando de veados 🙂  Tudo era tão lindo e silencioso que foi difícil voltar para a cidade sem achar tudo barulhento e cinza demais! Quem estiver planejando conhecer a Califórnia, não se esqueça de Yosemite!

OLYMPUS DIGITAL CAMERADSC06443

Chicago – Parte 2/2

Oi, gente! Vou continuar o post da viagem de Chicago! Demorei uma eternidade, pois estava esperando que Rafael tratasse as fotos. Até que ele tratou algumas, mas depois ele ficou todo ocupado :(.  Nós passamos cinco dias em Chicago, eu já escrevi sobre os dois primeiros dias (reveja aqui), agora contarei para vocês como foram o terceiro e o quarto dia da viagem.

No terceiro dia, nós acordamos meio tarde, nem tomamos café da manhã. Acordamos e fomos a um concerto de harpas numa igreja perto do hotel. A igreja era toda gótica, mas dentro tinha uma ala moderna. O concerto fora lindo e gratuito. Quando saímos já era hora do almoço, nós almoçamos e por fim tomamos um cafezinho para despertar.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Como estava chovendo, pegamos um Uber até o The Art Institute of Chicago. O instituto de arte de Chicago tirou o nosso fôlego. Passamos a tarde toda lá e ainda queríamos mais, sabe? Pareceu insuficiente. Foi o melhor museu que eu visitei até hoje. Era simplesmente maravilhoso e enorme! Nem tiramos várias fotos dentro, pois Rafael e eu ficamos conversando sobre as obras <3. Na semana anterior, meu professor de cor tinha falado dos quadros de Georges Seurat, aí quando os vi no museu comecei a explicar o que eu sabia. Eu me senti toda entendida hahaha. Nós também vimos quadros de Chagall, Matisse, Braque, Picasso, Paul Klee, Piet Mondrian, Kandinsky, Monet, etc.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERA

Nós adoramos museus porque nós sempre rimos de alguma obra, observamos as pessoas que desenham no museu, conversamos muito, tiramos algumas fotos, tomamos café, olhamos tudo com curiosidade, aprendemos muita coisa, etc. Geralmente, nós achamos engraçada a sessão de arte abstrata. Tem vários quadros legais nela, mas tem alguns que nos fazem ficar olhando meia hora procurando alguma explicação e acabamos rindo (veja a foto abaixo).  O segurança do museu ficou sem entender porque a gente ria tanto quando via os quadros abaixo!

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Por último, nós vimos a exposição mais linda da vida, Van Gogh’s Bedrooms. Além de expor os principais quadros de Van Gogh, eles recriaram o quarto de Van Gogh, o café que Van Gogh frequentava, etc. Ficou tudo muito lindo e impressionante. Eu fiquei emocionada!

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Quando saímos do museu, fomos andando até o Millennium park. Nós ficamos andando e tirando fotos até o pôr do sol. Voltamos para o hotel andando, tomamos banhos e depois fomos jantar ❤ num restaurante chamado The Purple Pig. A comida era deliciosa!!!

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERA

No penúltimo dia, nós paramos para tomar café da manhã num lugar incrível chamado Le Pain Quotidien. Eu adoro tomar café da manhã e não é sempre que posso fazer isso na companhia de Rafael.  Então, foi duplamente agradável. Para completar, enquanto estávamos tomando café, começou a nevar do lado de fora e foi lindo! Tudo ficou perfeito.

Depois do café, nós visitamos The University of Chicago. Geralmente as pessoas não incluem em seus roteiros turísticos visita a universidade da cidade, mas nós decidimos incluir, pois adoramos andar pelas bibliotecas, clubes, igrejas e cafés dessas Universidade antigas. Tudo parecia filme, a neve ajudou muito! Num dos cafés tinha mesas de sinuca e sofás. Eu fiquei de cara! Ali era o lugar dos estudantes relaxarem e era lindo. Nós ficamos mais de duas horas perambulando pela Universidade e após, assistimos um cara tocando órgão na Igreja <3.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERA

Ao sairmos da Universidade, como estávamos com frio e com fome, nós pegamos um Uber para a Sweet Mandy B’s (uma casa de doces incrível). Eu pedi um pudim de banana com caramelo (na verdade era um bolo delicioso misturado com pudim) e Rafael uma torta de oreo (tudo era maravilhoso).  Por último, nós fomos ao Lincoln Park para caminhar e ver o horizonte da cidade de outro ângulo. No Lincoln Park tem o zoo da cidade, esculturas, o museu de história contemporânea, etc. Nós andamos pelo parque durante uma hora, logo após fomos para o hotel deixar a nossa máquina, pois compramos ingressos para um espetáculo e não podíamos entrar com ela.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Por fim, espero que vocês tenham gostado das fotos e do relato da viagem! Vou tentar não demorar tanto para postar novamente! :*

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Chicago – Parte 1/2

Rafael e eu fomos para Chicago na quarta-feira passada durante o spring break. O spring break é o período de uma semana que as escolas, faculdades e universidade americanas dão de férias no início da primavera. Ficamos cinco dias aproveitando a cidade e na segunda-feira já estávamos de volta. Desde que chegamos aqui, nós viajamos muito pouco pelos Estados Unidos (não saímos da Califórnia, nem visitamos outra cidade grande). Tivemos a oportunidade de visitar a Europa no ano passado, voltamos ao Brasil sempre que possível, mas quase nunca tiramos nossos pés de São Francisco para conhecer outros lugares do país.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

A gente decidiu que iríamos para Chicago porque queríamos ir para uma cidade culturalmente ativa, inovadora e linda <3. Quando você anda por Chicago, você esbarra em esculturas de Picasso, Miró, Calder e Chagall. Você esbarra em prédios monumentais, você vê o lago Michigan que é tão grande que parece não ter final, você vê os bares cheio de jazz e blues, você vê o teatro com o nome Chicago que faz os seus olhinhos brilharem e por último vê aquela esquisitice de cidade grande.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

No primeiro dia, nós descansamos, comemos, cochilamos e só andamos pela cidade à noite. A gente ia fotografando, conversando e observando aquela cidade diferente <3. Sempre que viajamos queremos conhecer tudo, olhar cada detalhe para não esquecer… Acontece que não dá, às vezes é preciso andar lentamente. Naquela noite, nós dois andamos pela cidade como dois velhinhos. Pecorremos o Magnificent mile atentos e vagarosos. Vimos vários prédios históricos e várias cenas incríveis no meio do caminho

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERA

No segundo dia fomos para o Field museum (Museu de história natural), o  Shedd Aquarium ( um aquário)  e o Adler Planetarium. As três atrações ficam bem próximas uma da outra. Só entramos no aquário porque o ingresso vinha no City Pass (um talão de ingresso pré-pago com as principais atrações da cidade) que compramos e também porque nós estávamos com frio na hora. Nós não gostamos de aquários, por isso acho que nem passamos 20 minutos lá. O Field Museum foi a melhor atração do dia, pois o museu é super organizado e interessante. Dá para aprender muita coisa sobre ciência, arqueologia e história. Eu gosto de ir para esse tipo de museu com Rafael porque ele sempre adiciona fatos interessantes e fica mais divertido.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Quando saímos do Field Museum, o clima estava agradável. Nós sentamos na grama, andamos pela região do lago, trememos de frio por causa do vento, entramos no planetário para aprender mais sobre o universo. O planetário foi perfeito. Assistimos dois shows. Eu preciso ler mais sobre o universo, eu sei muito pouco sobre a nossa galáxia, outros planetas, buracos negros, etc. Vocês gostam de cosmologia? Tem algum livro para recomendar?

2016-03-31_18-32-39

Por último, nós ficamos na beira do lago esperando o sol se pôr. Enquanto Rafael fotografava a vista da cidade, eu tentava tirar uma  foto dele <3. Pena que não levei o meu material de desenho, pois ficamos duas horas sentados na beira do lago.

Espero que gostem das fotos. Sigam a gente no Instagram ( https://www.instagram.com/rmbarreto/ e https://www.instagram.com/lavemopato/) para ver mais fotos e desenhos. Falarei um pouco mais sobre a viagem no post Chicago 2/2. Se quiserem saber algo  mais sobre o primeiro e o segundo dia, deixem nos comentários!  E deixem aqui também como foi o final de semana de vocês!

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Baker Beach – Turistando na Califórnia 13/40

Tem quinze dias que eu não posto nada! A situação do Brasil me deixou triste, muita coisa fora da ordem :(. Andei meio tensa e procurei rever conceitos de Direito, opiniões, fontes etc. O fato é que achei que não devia escrever sobre o meu lazer ou arte ou minhas percepções da vida. Achei que deveria apenas tentar entender o momento histórico e estudar para as matérias da faculdade porque a vida não para. A tensão das provas misturada com a situação do nosso país me deixou super estressada. Aí, no sábado passado resolvemos ir para a praia! Rafael e eu queríamos relaxar um pouco. E turistar é também relaxar em lugares novos. Eu não conhecia a Baker Beach, então Rafael resolveu me apresentar :). A praia fica aqui em San Francisco mesmo e você pode ver a golden gate de outro ângulo <3.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Caminhar pela beira do mar acalma as suas ânsias e te deixa leve. O barulho do mar navegando pelos nossos ouvidos tem efeito tranquilizante e encantador. Depois de caminhar, Rafael se jogou na fotografia. Eu tirei o livro da mochila para me distrair enquanto ele ficava concentrado nas fotos. Ah, o livro que estou lendo na foto é um romance sobre a história das cores muito interessante. A gente vê o passado como algo preto em branco, mas o passado tinha as suas cores ❤ E havia uma luta constante para conseguir certas cores. Algumas tintas surgiram de insetos amassados, urina, pedras, ossos, flores amassadas etc. Tudo era meio primitivo. 

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Enquanto estava na praia aproveitei para refletir, conversar com Rafael e ver as pessoas pulando naquele mar congelante. Na conversa com Rafael mencionei que a cor da ponte (Golden Gate) era laranja internacional. Ele achava que a ponte era vermelha. E você? A cor está mais para laranja ou vermelho? A Golden Gaten é dessa cor porque quiseram enfatizar  a ponte como uma característica importante da paisagem e também para aumentar a visibilidade, já que São Francisco é The Fog City (Cidade da névoa). E como laranja e azul são complementares, criando assim mais contraste entre a ponte e o azul do céu e do mar!! 

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Se um dia você passar por aqui, não deixe de ir para esses cantinhos mais natureza de São Francisco. Quando assisti o filme Divertida Mente ri muito na parte quando a garotinha disse que em São Francisco as pessoas conseguem estragar até a pizza colocando brócolis nela. São Francisco tem uma cultura verde muito forte, as pessoas adoram andar de bike, fazer trilha, fazer piquenique na praia ou no parque etc. 

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Espero que gostem das fotos assim como eu :). Desculpem a demora para postar. As coisas vão se regularizar aqui no blog!! Tenham uma ótima páscoa!!! 

 

Oakland Museum of California – Turistando na Califórnia 12/40

No final de semana retrasado, eu e Rafael visitamos o Okland Museum of California e adoramos <3. O museu era interessante e nós estávamos com vontade de bisbilhotar tudo. O café, o jardim, os quadros, a parte histórica, a galeria das ciências naturais, tudo parecia nos envolver. Estávamos dispostos, era isso! Tem vezes que saímos de casa arrastando os sapatos, querendo ficar. Tem vezes que batemos a porta com força! É, batemos a porta tão forte, naquele dia, que sentimos a liberdade de querer algo novo nos seguir. Então, fomos para Oakland (cidade vizinha a São Francisco)!

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

A primeira pausa foi no café do museu! Adoramos um café, não negamos :). Quando era criança, eu odiava café. Agora não posso ver uma xícara vazia. Uma história de amor. Rafael aproveitou para tirar algumas fotos e deixar o café o dele esfriar um pouco. Ele odeia quando o café está queimando! 

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Depois, nós fomos ocupando o museu, andando pelas galerias de arte, parando, fotografando, conversando, sentando, observando e sentindo. Só não deu para desenhar. Sei que devo desenhar mais fora de casa, mas quando eu saio com alguém ou eu desenho ou eu converso! Eu não consigo fazer duas coisas ao mesmo tempo, mas um dia aprenderei a desenhar conversando ❤ e será perfeito. 

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Nós passamos umas três horas no museu, vendo todas as galerias. Adorei a galeria de arte da Califórnia! Quando vi uma foto de Ansel Adams pendurada, tirei uma foto para mandar para a minha mãe, mas no meio do caminho esqueci de enviar. Era uma foto de uma foto que queria dizer: vi uma foto fodástica e lembrei de você :D. A galeria de história da Califórnia também é muito linda, ela reproduz cenários de épocas diferentes. Eu lembrei muito do museu de Londres! 

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Para completar o passeio, o jardim do museu tem uma vista linda do Lake Merritt. Esperamos sentados o pôr do sol. Rafael esperou as cores ficarem perfeitas e tirou uma foto. Acho que vocês já sabem… quase todas as fotos daqui do blog foram tiradas por ele. Eu só tiro quando eu quero postar algo meio rápido (geralmente de desenhos ou material da faculdade). Ah, ele criou uma conta no Instagram recentemente (chequem aqui)!  As fotos estão lindas, não acham?

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Por fim saímos do museu e fomos andar pela cidade! 🙂 O anoitecer na beira do lago é lindo! Espero que curtam o post e espero poder continuar postando algumas dicas legais sobre a Califórnia!!! E como foi o final de semana de vocês? Passearam pela sua cidade? Viram algum filme legal? Leram algo? Relaxaram? 🙂 Até o próximo post!

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Hayes Valley – Turistando na Califórnia 11/40

Antigamente, eu escrevia um pouco sobre os passeios que fazia aqui pela Califórnia. Como estava dando muito trabalho, acabei parando no começo. Aí, resolvi focar mais nos desenhos e deixar os passeios para mais tarde. Ontem, eu estava revendo as fotos que Rafael tirou do passeio de domingo e deu uma vontade de compartilhar com vocês <3.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

No domingo passado resolvemos sair para o Hayes Valley (um bairro moderno e cheio de delícias bem no centro de São Francisco) para comer, sentar num café, tomar sorvete feito na hora num dia frio, desenhar e fotografar um pouquinho. As fotografias ficaram lindas e delicadas, já os meus desenhos ficaram bem mais ou menos. Eu ainda sofro para desenhar :P. Por isso, estou pegando as aulas de desenho intermediário! 

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Nós almoçamos no Absinthe, depois nós fomos tomar um café no Christopher Elbow. Enquanto Rafael lia um livro, eu desenhava meu café que ficou super frio, pois eu demorei um século para pegar os detalhes! Depois nós resolvemos andar pela Octavia Street (uma rua cheia de lojinhas, bares e comidinhas). No meio do caminho comprei macarons na Chantal Guillon (os macarons mais perfeitos que há na terra ❤ ) para levar para casa. Aí fomos andando e conversando até a sorveteria Smitten Ice cream para ver se a fila estava grande. Nunca tínhamos experimentado esse sorvete por medo da fila, mas no domingo passado estava pequena (o dia estava frio 😛 ).  Adoramos a sorveteira, o sorvete é feito na hora com nitrogênio líquido, é bem legal ver o processo e o sorvete é delicioso!

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Deu para notar que o nosso domingo foi cheio de guloseimas, mas é isso que é o Hayes Valley (o paraíso das comidinhas). Andar, entrar numa lojinha sem comprar nada, ler um livro, comer, desenhar, tomar sorvete numa praça, etc é bem Hayes Valley. Espero que tenham gostado! Se um dia pularem aqui em São Francisco, além de me chamarem para conversar e tomar um café, espero que vocês possam aproveitar as dicas! 

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Paris 03/03

Este é o último post das férias :(. Infelizmente, elas acabaram faz tempo e agora eu sempre tenho muito homework para fazer. Então, suspirando e sonhando com as minhas próximas férias, vou escrevendo para deixar aqui um pedaço dos nossos últimos dias em Paris. Dias ensolarados, cheios de bronze, calor, sorvete e passeios <3. Passeios mais lentos, pois eu e Rafael adoramos deixar o verão para mais tarde.
2015-06-05_11-05-11Resolvemos conhecer a igreja SaintEustache porque era quase do lado do apartamento. A igreja é bem gótica, tem um órgão lindo e é muito forte. Descobri que foi lá que Luís XIV recebeu a 1ª comunhão e Mozart a escolheu como local do funeral de sua mãe. Por falar em funeral, acabamos vendo o final de um quando entramos.  Foi meio esquisito porque entramos cheios de alegria e tivemos que rapidamente usar a nossa cara séria. 
2015-06-05_11-13-58Depois da igreja, almoçamos e para correr do calor entramos no Louvre. Já estava nos nossos planos entrar no museu, mas nós antecipamos diante da força do sol. O sol era tão forte que parecia que queria iluminar as nossas almas. Entrar no Louvre melhorou um pouco, mas como a Pirâmide é transparente ainda deixa entrar muito sol ;).

Depois de uns 20 minutos dentro do Louvre, nós esquecemos o sol e andamos, andamos e andamos. Tiramos algumas poucas fotos e andamos mais e mais. As fotos tiramos para colocarmos nos álbuns de recordação apenas. Eu e Rafael não gostamos muito do Louvre (não deixe de visitar por causa disso, pois você pode adorar). A parte externa é linda, eu sei. Principalmente à noite. Mas o museu em si é muito grande, muito cheio etc. Talvez meu humor no dia não tenha favorecido o Louvre, acontece.

Eu não tenho problema em tirar foto em museu, mas tirar foto da Monalisa não tem sentido, pois mal se vê a Monalisa, já que há vários celulares voadores, cabeças, vidro e tumulto na sua frente. Eu pessoalmente preferiria que a Monalisa sorrisse para mim na parede do meu apartamento :P. 

2015-06-05_13-40-12Quando saímos do Louvre, ficamos uma hora sentados no jardim das Tuileries, descansando e tomando sorvete <3. Foi tão legal! Depois, conhecemos o museu mais queridinho e lindo, o Museu D’Orsay! Ele roubou o nosso fôlego. O prédio do museu era originalmente uma estação ferroviária. Então, tinha aquele teto arredondado e relógio ornamentado para encantar o nosso coração. Além disso, você pode se perder numa sala cheia de Van Goghs e tremelicar. Eu pessoalmente gostei muito do acervo, da tranquilidade e da organização do museu. 
2015-06-05_16-51-38Além da parte tradicional e bem turística, fizemos outras coisas como visitar Cité Des Sciences Et De L’Industrie. Foi bem legal :D. Entrei pela primeira vez num submarino e achei o espaço muito pequeno (eu morreria lá dentro em dois dias, rs).
 

No último dia à noite, ficamos andando na beira do Sena. Enquanto andávamos … nos perguntávamos quantas pessoas morreram de amor em Paris. Quantas pessoas morreram de tédio em Paris. Quantas pessoas se apaixonaram em Paris. Quantas pessoas comeram croissant pela primeira vez em Paris. Quantas pessoas penduraram cadeados nas pontes de Paris. Quantas pessoas se odiaram em Paris. Quantas pessoas trocaram beijos e abraços em Paris. Quantas pessoas cometeram atrocidades em Paris. Quantas pessoas viram gatinhos nascendo em Paris. Quantas pessoas se perderam em Paris. Quantas pessoas pisaram na lama em Paris. Quantas pessoas assistiram Amélie Poulain no cinema em Paris. Quantas pessoas pularam a catraca do metrô de Paris. ❤

2015-06-06_16-27-16