Chicago – Parte 1/2

Rafael e eu fomos para Chicago na quarta-feira passada durante o spring break. O spring break é o período de uma semana que as escolas, faculdades e universidade americanas dão de férias no início da primavera. Ficamos cinco dias aproveitando a cidade e na segunda-feira já estávamos de volta. Desde que chegamos aqui, nós viajamos muito pouco pelos Estados Unidos (não saímos da Califórnia, nem visitamos outra cidade grande). Tivemos a oportunidade de visitar a Europa no ano passado, voltamos ao Brasil sempre que possível, mas quase nunca tiramos nossos pés de São Francisco para conhecer outros lugares do país.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

A gente decidiu que iríamos para Chicago porque queríamos ir para uma cidade culturalmente ativa, inovadora e linda <3. Quando você anda por Chicago, você esbarra em esculturas de Picasso, Miró, Calder e Chagall. Você esbarra em prédios monumentais, você vê o lago Michigan que é tão grande que parece não ter final, você vê os bares cheio de jazz e blues, você vê o teatro com o nome Chicago que faz os seus olhinhos brilharem e por último vê aquela esquisitice de cidade grande.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

No primeiro dia, nós descansamos, comemos, cochilamos e só andamos pela cidade à noite. A gente ia fotografando, conversando e observando aquela cidade diferente <3. Sempre que viajamos queremos conhecer tudo, olhar cada detalhe para não esquecer… Acontece que não dá, às vezes é preciso andar lentamente. Naquela noite, nós dois andamos pela cidade como dois velhinhos. Pecorremos o Magnificent mile atentos e vagarosos. Vimos vários prédios históricos e várias cenas incríveis no meio do caminho

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERA

No segundo dia fomos para o Field museum (Museu de história natural), o  Shedd Aquarium ( um aquário)  e o Adler Planetarium. As três atrações ficam bem próximas uma da outra. Só entramos no aquário porque o ingresso vinha no City Pass (um talão de ingresso pré-pago com as principais atrações da cidade) que compramos e também porque nós estávamos com frio na hora. Nós não gostamos de aquários, por isso acho que nem passamos 20 minutos lá. O Field Museum foi a melhor atração do dia, pois o museu é super organizado e interessante. Dá para aprender muita coisa sobre ciência, arqueologia e história. Eu gosto de ir para esse tipo de museu com Rafael porque ele sempre adiciona fatos interessantes e fica mais divertido.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Quando saímos do Field Museum, o clima estava agradável. Nós sentamos na grama, andamos pela região do lago, trememos de frio por causa do vento, entramos no planetário para aprender mais sobre o universo. O planetário foi perfeito. Assistimos dois shows. Eu preciso ler mais sobre o universo, eu sei muito pouco sobre a nossa galáxia, outros planetas, buracos negros, etc. Vocês gostam de cosmologia? Tem algum livro para recomendar?

2016-03-31_18-32-39

Por último, nós ficamos na beira do lago esperando o sol se pôr. Enquanto Rafael fotografava a vista da cidade, eu tentava tirar uma  foto dele <3. Pena que não levei o meu material de desenho, pois ficamos duas horas sentados na beira do lago.

Espero que gostem das fotos. Sigam a gente no Instagram ( https://www.instagram.com/rmbarreto/ e https://www.instagram.com/lavemopato/) para ver mais fotos e desenhos. Falarei um pouco mais sobre a viagem no post Chicago 2/2. Se quiserem saber algo  mais sobre o primeiro e o segundo dia, deixem nos comentários!  E deixem aqui também como foi o final de semana de vocês!

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

5 comentários sobre “Chicago – Parte 1/2

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s