Chá da tarde

Qualquer dia é dia de chá da tarde com os amigos <3. Doces e conversas me encantam. Sou tão doida por doces que estou tentando conhecer todas as docerias de São Francisco acompanhada por outra formiguinha. Quando fui para o Brasil em março, minha mãe organizou um chá da tarde bem fofinho e simples para reunir alguns amigos. Decidi postar algumas fotos hoje para mostrar como alguns detalhes podem deixar o seu chá mais bonitinho. Por causa dos guardanapos com a estampa parisiense, foi encomendado biscoitinhos e brigadeiros com tema Paris. Mas como não era uma festa, nem um chá especial (chá de bebê, chá de panela etc), colocamos bombons com a embalagem amarela, flores secas e fugimos um pouco do “tema”. Só sei que os brigadeiros decorados, os biscoitos com o formato da Torre Eiffel, a torta de alfajor, os bombons sonho de valsa, etc… deixaram a minha tarde mais leve junto com as risadas e os papos. Resumindo, foi um dia leve e agradável e espero que se repita várias vezes. 

Ps: Hoje chamo os biscoitos feitos por Terezza Barreto de biscoitos da sorte porque né que eu e minha amiga da foto fomos para Paris esse ano. Só pode ser mágica <3.
certidao_casamento-9 certidao_casamento-11 certidao_casamento-10 certidao_casamento-5certidao_casamento-12

Exercício 18/20 – Aprendendo a desenhar

Eu estou postando esse desenho porque ele faz parte da minha série de exercícios diários agora.  Não achei ele lindo, mas ele é necessário para o aprendizado. Estou pegando uma matéria de desenho básico <3. A professora coloca objetos loucos juntos tipo ursinho de pelúcia enorme com óculos de estrelas, bola, caixa, bambolê, caixa, jarra de prata, chapéu, etc. Aí, você tem que desenhar observando as proporções, o alinhamento e os ângulos. Tudo meio rápido, sem muitos detalhes, pegando mais os gestos. Nessa loucura que é tentar ver apenas com os olhos (É, gente…. o nosso cérebro tenta ver muita coisa que não existe na nossa frente)… você pensa que desaprendeu a desenhar e fica meio frustrado. Outra coisa, desenhar com carvão é gostoso, mas suja muito. Eu sujo até a testa… imagine o desenho! E quando você erra, não dá para apagar direito.

A professora proibiu desenhar a partir de fotos ou de outros desenhos (o que eu fazia até agora), eu tenho que desenhar apenas objetos ou pessoas que vejo pela vida para forçar o meu olhar e a minha mão. Aí, um dia quando eles andarem juntos…. vai ser lindo! Eu sei que isso é bem diferente do que eu estava fazendo e talvez vocês não gostem!
OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Red Nose Studio

Por causa do canal da Fran Meneses no youtube, comprei um livro chamado Illustration Now (Ed. Julius Wiedemann) <3. Este livro reúne criações de 150 ilustradores. É simplesmente fantástico. Acabei conhecendo o trabalho do Red Nose Studio e me apaixonei. Agora estou querendo uma ilustra do Red Nose Studio para mim. Eles tem uma loja online, mas tem que juntar uma grana para adquirir uma peça para chamar de sua :(. Enquanto isso vou esperando, hahaha. E você gostaram também?
4456-RNS_HeroOf5Points_lo-res Persevere_FINAL-lores-940x627 4567-RNS_WinterLovers-FINAL-lores-940x940 4453-RNS_Teamwork_FINAL-lores RNS-READER_FINAL-lores-940x1293

Paris 03/03

Este é o último post das férias :(. Infelizmente, elas acabaram faz tempo e agora eu sempre tenho muito homework para fazer. Então, suspirando e sonhando com as minhas próximas férias, vou escrevendo para deixar aqui um pedaço dos nossos últimos dias em Paris. Dias ensolarados, cheios de bronze, calor, sorvete e passeios <3. Passeios mais lentos, pois eu e Rafael adoramos deixar o verão para mais tarde.
2015-06-05_11-05-11Resolvemos conhecer a igreja SaintEustache porque era quase do lado do apartamento. A igreja é bem gótica, tem um órgão lindo e é muito forte. Descobri que foi lá que Luís XIV recebeu a 1ª comunhão e Mozart a escolheu como local do funeral de sua mãe. Por falar em funeral, acabamos vendo o final de um quando entramos.  Foi meio esquisito porque entramos cheios de alegria e tivemos que rapidamente usar a nossa cara séria. 
2015-06-05_11-13-58Depois da igreja, almoçamos e para correr do calor entramos no Louvre. Já estava nos nossos planos entrar no museu, mas nós antecipamos diante da força do sol. O sol era tão forte que parecia que queria iluminar as nossas almas. Entrar no Louvre melhorou um pouco, mas como a Pirâmide é transparente ainda deixa entrar muito sol ;).

Depois de uns 20 minutos dentro do Louvre, nós esquecemos o sol e andamos, andamos e andamos. Tiramos algumas poucas fotos e andamos mais e mais. As fotos tiramos para colocarmos nos álbuns de recordação apenas. Eu e Rafael não gostamos muito do Louvre (não deixe de visitar por causa disso, pois você pode adorar). A parte externa é linda, eu sei. Principalmente à noite. Mas o museu em si é muito grande, muito cheio etc. Talvez meu humor no dia não tenha favorecido o Louvre, acontece.

Eu não tenho problema em tirar foto em museu, mas tirar foto da Monalisa não tem sentido, pois mal se vê a Monalisa, já que há vários celulares voadores, cabeças, vidro e tumulto na sua frente. Eu pessoalmente preferiria que a Monalisa sorrisse para mim na parede do meu apartamento :P. 

2015-06-05_13-40-12Quando saímos do Louvre, ficamos uma hora sentados no jardim das Tuileries, descansando e tomando sorvete <3. Foi tão legal! Depois, conhecemos o museu mais queridinho e lindo, o Museu D’Orsay! Ele roubou o nosso fôlego. O prédio do museu era originalmente uma estação ferroviária. Então, tinha aquele teto arredondado e relógio ornamentado para encantar o nosso coração. Além disso, você pode se perder numa sala cheia de Van Goghs e tremelicar. Eu pessoalmente gostei muito do acervo, da tranquilidade e da organização do museu. 
2015-06-05_16-51-38Além da parte tradicional e bem turística, fizemos outras coisas como visitar Cité Des Sciences Et De L’Industrie. Foi bem legal :D. Entrei pela primeira vez num submarino e achei o espaço muito pequeno (eu morreria lá dentro em dois dias, rs).
 

No último dia à noite, ficamos andando na beira do Sena. Enquanto andávamos … nos perguntávamos quantas pessoas morreram de amor em Paris. Quantas pessoas morreram de tédio em Paris. Quantas pessoas se apaixonaram em Paris. Quantas pessoas comeram croissant pela primeira vez em Paris. Quantas pessoas penduraram cadeados nas pontes de Paris. Quantas pessoas se odiaram em Paris. Quantas pessoas trocaram beijos e abraços em Paris. Quantas pessoas cometeram atrocidades em Paris. Quantas pessoas viram gatinhos nascendo em Paris. Quantas pessoas se perderam em Paris. Quantas pessoas pisaram na lama em Paris. Quantas pessoas assistiram Amélie Poulain no cinema em Paris. Quantas pessoas pularam a catraca do metrô de Paris. ❤

2015-06-06_16-27-16