Meninas e meninos

Enquanto corto cebolas, descubro que meninas são poesias. Dos olhos surgem lágrimas de dor e amor. Lágrimas com o sal de Portugal. 😉 Lágrimas que temperam a comida e a vida. Enquanto corto morangos, descubro que meninas são doces e azedas. Das línguas surgem palavras bonitas, beijos doces e asperezas. Peso e leveza, depressão e ação, carinho e agressão. Enquanto cortam o meu salário, descubro que meninas são guerreiras. Do corpo surgem os vômitos, os arrotos, as delicadezas, as perfeições e imperfeições.

Enquanto ele corta cebolas, descubro que meninos são poesias. Choram e amam. Dos olhos surgem lágrimas de ardor, humor, amor e terror. Enquanto ele corta morangos, descubro que meninos são doces e azedos. Da língua surge o belo e o feio. O vermelho amargo e o vermelho tentação. Peso e leveza,  insustentável e  sustentável, ânimo e tédio, carinho e agressão. Enquanto cortam o salário dele, descubro que meninos são guerreiros. Do corpo surgem os cuspes, os roncos, as surpresas, as perfeições e imperfeições.

Enquanto eu uso saia de gatinho e tiara (Arte-em-casa), ele usa tênis de Calvin & Haroldo (Coloque Artist’s Lair no Etsy).

DSC06454

il_570xN.638739455_4qc8

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s